domingo, 2 de outubro de 2011

Três Dicas Bem legais

Esse post é bem curto. Na verdade ele náo é um post propriamente dito, são três portas, três direções, três dicas bem legais, para você encontrar um pouco mais de conteúdo nesse deserto de inovações em que estamos vivendo ultimamente.
A Primeira dica é de um video muito legal que eu recebi da minha amiga Debora M. Valente:
A Segunda dica é o próprio livro citado no video, nada melhor do que saber como nascem boas idéias e de que maneira estimulá-las para que possamos deixar o mundo em que vivemos um pouco menos careta e com mais gente inteligente e boa de papo:  http://bit.ly/qqqHPA
E a Terceira dica, tem tudo a ver com as outras duas. São os blogs de pessoas com idéias muito boas, nem um pouco caretas, muito inteligentes e com um papo ótimo. São eles:
• Amenidades Crônicas (Maykon Souza): http://amenidadescronicas.blogspot.com
• Caroline Prado: http://carolineprado.wordpress.com
• Davi Ribeiro: http://www.daviribeiro.com
• Imagem&Letra (Debora M. Valente): http://imagemeletra.wordpress.com
• Estante Caótica (Roberto Feliciano): http://caoticaestante.wordpress.com

Afinal, misturar suas idéias com as que você encontra todos os dias, como as que você vai encontrar neste blog e nos citados acima, é a força motriz dos cérebros inquietos e invadores. E nunca foi tão necessário essa inquietude. Vamos em frente.

2 comentários:

carolineprado disse...

Me sinto honrada em ser sitada em um post sobre grandes idéias. Mas o bacana mesmo é o vídeo. Vale para qualquer um, de qualquer área, de qualquer idade, com qualquer visão de mundo etc. Vale a pena conferir e rever. Afinal, a ilustração é tão boa, que tenho de confessar que viajei várias vezes no traço do artista em detrimento da narração. Sensacional!

carolineprado disse...

Me sinto honrada em ser sitada em um post sobre grandes idéias. Mas o bacana mesmo é o vídeo. Vale para qualquer um, de qualquer área, de qualquer idade, com qualquer visão de mundo etc. Vale a pena conferir e rever. Afinal, a ilustração é tão boa, que tenho de confessar que viajei várias vezes no traço do artista em detrimento da narração. Sensacional!

Postar um comentário